• ÚLTIMAS...

    sábado, 17 de setembro de 2016

    10 FILMES "FOUND FOOTAGE" ESSENCIAIS


    A história do found footage se mistura com a história de Ruggero Deodato. 

    Diretor italiano, que começou sua carreira assistindo Sergio Corbucci e Roberto Rossellini trabalharem, aprendendo muito com esses dois mitos italianos, pegando elementos dos famosos spaghettis de Corbucci e do neo-realismo de Rossellini.


    Durante sua carreira, Deodato passou por fases onde produziu comerciais, comédias e ações (muito violentas, por sinal), até chegar no ano de 1977, quando lançou outro cultuado filme com temática canibal (este conhecido somente por fãs), chamado “Ultimo Mondo Cannibale”, que contou com Me Me Lai de protagonista e já mostrava as características do diretor.

    Após suas mais diversas experiências, Ruggero chegou a Holocausto Canibal em 1979, onde pensou em dar um tom diferente, visto que o filme seria gravado na Amazônia, ele incluiu um novo método de filmagem, usado em grande parte do filme, onde são mostrados registros de câmeras de documentaristas, iniciando assim o found footage, conhecido por filmes como A Bruxa de Blair e Atividade Paranormal.

    Trio de ouro

    O filme de Deodato não foi o primeiro, mas talvez seja o mais polêmico e o mais famoso por muitos anos.  A Bruxa de Blair levou os holofotes de novo para o found footage. E com ele, muitas produções de menor porte foram feitas. E quase 10 anos depois, Atividade Paranormal elevou a um novo patamar. Na sequência, grandes filmes foram feitos, inclusive com produtores renomados.

    A lista não esta em ordem. Vamos aos filmes e não deixe de conferir os links no final.

    1) A BRUXA DE BLAIR (THE BLAIR WITCH PROJECT, 1999)

    Em 1994, três jovens estudantes de cinema decidem fazer um documentário sobre a bruxa de Blair, que, segundo uma lenda local, teria matado crianças na década de 40. Depois de entrar na mata para fazer o filme, os estudantes nunca mais foram vistos, mas seus equipamentos são encontrados um ano depois. A montagem do material mostra que os estudantes filmaram tudo o que aconteceu: eles se perdem na mata, começam a ouvir sons estranhos, encontram traços de presença humana e vão sendo tomados pelo medo...

    Foi o filme que me apresentou o estilo. Eu curti tanto que fiz três curtas "câmera na mão", inclusive um na floresta. E como todo gênero e sub-gênero, tem suas bombas, mas eu sou um adorador. Tenho coleção de filmes assim, e não perco nenhum.


    2)ATIVIDADE PARANORMAL (PARANORMAL ACTIVITY, 2007)

    Micah (Micah Sloat) e Katie (Katie Featherston) formam um jovem casal que se muda para uma casa, na qual fenômenos inexplicáveis são presenciados. Eles, então, resolvem filmar tudo à noite, enquanto tentam dormir, pois é o horário em que atividades paranormais normalmente acontecem com mais freqüência.

    O filme representa o segundo ponto alto, gerando inclusive várias continuações. Somente a segunda faz  jus ao primeiro. De resto, são variações e exageros dentro do mesmo tema.


    3)CLOVERFIELD -  MONSTRO (CLOVERFIELD, 2008)

    Um monstro gigante ataca Manhattan, deixando a população em pânico. Todo o terror espalhado pela criatura é acompanhado por meio de registros feitos por pessoas nas ruas, com suas câmeras de vídeo caseiras.

    Este é o filme da lista com maior ar de super produção. JJ Abrams leva às telas este tenso, bem realizado (por Matt Reeves) e bem interpretado filme. Quem curte FF, não pode perder.


    4)[REC] ([REC], 2007)

    Uma repórter e um cinegrafista de TV vão documentar o dia-a-dia de um corpo de bombeiros. O objetivo é registrar todos os momentos dos profissionais, mesmo em situações arriscadas. Eles acompanham os bombeiros até a casa de uma senhora, que está trancada em seu apartamento por motivos desconhecidos. Mas algo muito sinistro está acontecendo naquele local e o que parecia ser uma simples tarefa torna-se um inferno. A câmera ficará ligada registrando tudo até o último segundo.

    Filme espanhol sensacional, misturando câmera na mão com zumbis. Teve 3 continuações e uma refilmagem americana, que para variar, não tem a mesma qualidade.


    5)PODER SEM LIMITES (CHRONICLE, 2012)

    Após ingerir uma substância misteriosa, três amigos são surpreendidos ao ganhar super poderes. De início eles os usam para brincar com conhecidos, mas aos poucos ganham a sensação de impunidade e passam a realizar feitos maiores. Sentindo-se invulneráveis, eles ultrapassam qualquer limite quando uma pessoa é morta.

    Exemplar da lista que mostra como o "câmera na mão" pode ser versátil, sem se limitar ao horror. 2 atores inclusive ficaram famosos e conquistaram papeis importantes depois desta pérola imperdível.



    6)CANNIBAL HOLOCAUSTO (CANNIBAL HOLOCAUST, 1980)

    Harold Monroe (Robert Kerman), professor de antropologia em Nova York, viaja para uma longínqua floresta na América do Sul para descobrir o que aconteceu com um grupo de documentaristas que desapareceu no local dois meses atrás. Durante a estadia, Harold encontra pedaços do filme e descobre torturas cometidas pela equipe.

    Este é essencial, não por ser o melhor, mas por muitos anos ser o mais famoso. Proibido em vários países pelas cenas de extremo realismo, até hoje não sabem se os animais morrem mesmo.


    7)O CAÇADOR DE TROLL (TROLLJEGEREN/ TROLL HUNTER, 2010)

    O governo diz que não há motivo para preocupações - é só um problema com ursos que causam problemas nas montanhas e florestas da Noruega. Mas os caçadores locais não acreditam nisso, nem um trio de estudantes universitários que quer descobrir a verdade. Armados com uma câmera filmadora, eles trilham os passos de um caçador misterioso, que nada quer com eles. Mas a persistência deles os leva ao caminho de seus objetos de busca: Trolls. Logo, eles se veem documentando cada passo desse improvável herói, arriscando suas vidas para desvendar segredos de criaturas que só pensavam existir em contos de fadas.

    Filme norueguês extremamente eficiente, mostrando mais uma vertente do FF. Genial e obrigatório.


     8) FILHA DO MAL  (THE DEVIL INSIDE, 2012)

    Na Itália, Isabella (Fernanda Andrade) começa a frequentar sessões de exorcismo para tentar descobrir o que realmente aconteceu com sua mãe (Suzan Crowley), que assassinou três pessoas durante um desses rituais e acabou presa em um manicômio.

    A possessão demoníaca não poderia ficar de fora, e ela vem através de dois filmaços: Primeiro este, protagonizado pela paulista Fernanda Andrade. E depois pelo Último exorcismo (abaixo), que se tornou um filme bem popular, gerando continuação inclusive,


    9) O ÚLTIMO EXORCISMO (THE LAST EXORCISM, 2010)

    Quando o reverendo Cotton Marcus vai para a fazenda rural de Louis Sweetzer, na Louisiana, nos EUA, ele espera realizar mais um exorcismo de "rotina" em um perturbado fanático religioso. Sweetzer, um fundamentalista, contatou o pregador carismático como último recurso, certo de que sua filha adolescente, Nell, é possuída por um demônio que deve ser exorcizado antes que aconteça uma tragédia inimaginável.Com a consciência pesada, depois de ganhar dinheiro de crentes desesperados, Cotton planeja filmar um documentário do seu último exorcismo. Mas, ao chegar à fazenda da família, ele percebe que nada poderia tê-lo preparado para o verdadeiro mal que ele irá encontrar. Agora, tarde demais para voltar atrás, o reverendo e sua equipe precisam encontrar uma maneira de salvar Nell - e a eles próprios - antes que seja tarde demais.


    10)V/H/S  (V/H/S, 2012)

    Uma antologia de histórias de terror, todas no formato de "imagens encontradas". Cada fita cassete contém uma história, que acompanha um grupo de delinquentes enviados por uma pessoa desconhecida para encontrar uma fita VHS que está, aparentemente, em uma casa abandonada.

    Além de fazer alusão ao primeiro meio de exibição dos filmes em home vídeo, esta popular produção tem seus altos e baixos ao logo do filme pois se tratam de várias histórias filmadas em locais diferentes por diretores diferentes. Vale a pena ser conhecido assim com suas continuações, que tem a mesma característica e os mesmos problemas.



    Bônus) BRUXA DE BLAIR (BLAIR WITCH, 2016)

    Um grupo de estudantes de Milwaukee, durante uma viagem para acampar em uma das florestas da região, decide penetrar ainda mais no coração das árvores do que o previsto e acaba descobrindo que a floresta esconde seres perigosos.

    Muitos anos se passaram. Muita coisa aconteceu no cinema e na Tv. E Bruxa de Blair bebe na fonte original, mas assimila o tempo. Câmeras minúsculas e drones fazem parte do nosso dia a dia. O diretor mostra isto com exatidão, dando contornos do seriado "Lost" à trama. Tudo regado a uma tensão crescente de suar na cadeira. De certa forma, Bruxa de Blair inicia e termina um ciclo. O cinema Found Footage não vai parar, obviamente, mas para quem acompanha, sabe que foi feito de tudo nestes anos. De viagem no tempo a dinossauros, passando por vampirismo e festas de arromba.
    Fecha com chave de ouro, mas sem ser o melhor found footage.


    CONFIRA AQUI UMA LISTA DE FILMES "FOUND FOOTAGE"

    E AQUI...ENTENDA MELHOR O QUE É ESTE SUB-GÊNERO DO HORROR, AMADO OU ODIADO, SEM MEIOS TERMOS.


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top