• ÚLTIMAS...

    LILI (1953) - LANÇAMENTO "OBRAS PRIMAS DO CINEMA"


    Sinopse:

    Baseado na história "Love of Seven Dolls" de Paul Gallico, "Lili" é um delicioso filme do início da década de 50. Uma jovem órfã francesa é adotada por um circo, quando fica sozinha em uma cidade, e acaba se apaixonando pelo mágico, que a vê apenas como uma menina. Sozinha, ela começa a conversar com os marionetes, esquecendo que por trás deles há uma pessoa.

    Ficha técnica:

    Título Original: Lili
    País de Produção: Estados Unidos
    Ano de Produção: 1953
    Gênero: Drama Musical
    Direção: Charles Walters
    Elenco: Leslie Caron, Mel Ferrer, Jean-Pierre Aumont, Zsa Zsa Gabor
    Idioma: Inglês - Português
    Legendas: Português – Inglês.
    Duração Aproximada: 78 Minutos
    Região: (Livre)
    Áudio: Dolby Digital 2.0
    Formato de Tela: 1.37:1
    Cor: Colorido

    Extras: 

    Entrevista com Leslie Caron:  Conheça aqui um pouco da trajetória desta excepcional atriz. (9 min);
    O curta-musical: “Festa dos Piratas na Ilha Catalina” (19 min) - Divertidíssimo. Impagável banda com as máscaras de comediantes. Participação especial de grandes atores da época (não vou falar, para não estragar a surpresa);
    Trailer Original.


    Observações de um cinéfilo:

    Primeiramente, cinéfilos são saudosistas, e por isto não pude resistir em assistir ao filme dublado (com aquela dublagem deliciosa da época.) E o que me causou impacto é o fato de que a dublagem da atriz do personagem título é extremamente delicada e ingênua, exatamente como o papel pedia (Leslie Caron, na época com 22 anos de idade);

    O filme embora não é seja um musical, há algumas sequências de dança, a título de sonhos, através das quais o diretor tira proveito das qualidades da bailarina que Leslie Caron também era;

    Charles Walters foi um competente realizador na era de ouro de Hollywood. Fez muitos filmes famosos nos anos 40 e 50. Além disto  atuou em alguns filmes, fez performances em trilhas e roteirizou;

    Curiosamente, atuou em Lilly, A Teimosa (1943), que apesar do nome similar, nada têm a ver com o filme de 1953;



    Leslie Caron (Lili) trabalhou em vários musicais importantes na história do cinema;

    E interessante notar, Leslie fez vários filmes em que o título da produção é somente o nome da personagem título (que ela mesma interpretou): Jo, Nicole, Carola, Fanny, Gigi, Gabi, Lily;

    Aliás, esta está bem viva (em 2016) e autuando, com 84 anos. Caron já foi casada três vezes e possui dois filhos com o diretor britânico Peter Hall, seu segundo marido;



    Mel Ferrer (que nada tem a ver com Jose Ferrer ) foi casado com Audrey Hepburn, com quem tem um filho; Se divorciou 4 vezes, casou-se 5. Teve um ou dois filhos nos 4 divórcios (naquela época, falta de pensão não dava cadeia , pelo visto);

    O filme foi indicado a 6 Oscars (vencendo 1 , de Trilha) - Indicações: Oscar de Melhor Fotografia, Oscar de Melhor Direção (Charles Walters), Oscar de Melhor Roteiro, Oscar de Melhor Atriz (Leslie Caron), Oscar de Melhor Direção de Arte;

    Na trilha sonora, ganhadora do Oscar, destaca-se a canção "Hi Lilli, Hi Lo", interpretada por Leslie Caron e José Ferrer:

    A song of love is a sad song, 
    Hi-Lili, Hi-Lili, Hi-Lo
    A song of love is a song of woe
    Don't ask me how I know
    A song of love is a sad song
    For I have loved and it's so
    I sit at the window and watch the rain, 
    Hi-Lili, Hi-Lili, Hi-Lo
    Tomorrow I'll probably love again, 
    Hi-Lili, Hi-Lili, Hi-Lo. 

    Ps: A cena final pontua e acentua a magia do cinema. Inesquecível.

    TRAILER 

    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top