• ÚLTIMAS...

    sábado, 3 de outubro de 2015

    JURASSIC WORLD (2015) - CRÍTICA DESTRUTIVA


    JURASSIC WORLD....1 BILHÃO E 600 NAS BILHETERIAS MUNDIAS? !!!

    Há muitos sites ressaltando como Jurassic World têm erros científicos. As pessoas se esquecem que a descoberta de hoje, pode se tornar a inverdade de amanhã. Não há uma afirmação que é uma verdade absoluta. Todo material é baseado em estudo de fósseis encontrados, ninguém estava lá para ver como era. Visto que entre um Jurassic Park e outro, descobriram que o velociraptor tinha penas. Ou para citar um exemplo de outro filme famoso, Titanic (todos os filmes anteriores a 1997 mostravam que o navio afundou sem se partir ao meio).

    Agora pense, se um evento em 1912, onde há testemunhas, não conseguiram determinar como o fato realmente aconteceu, imagine com dinossauros?


    Pois bem, este post não é para falar de falhas científicas. Mas é para mais uma vez mostrar como um filme blockbuster de extremo sucesso, pode te chamar de idiota em tantas cenas, e você ainda gostar do filme (afinal, 1.6 bilhões de bilheteria é sinal disto).

    Um blockbuster pode ser plausível. Vide "Tubarão" do próprio Spielberg. Quando o tubarão "pula" dentro do barco, ainda que dificilmente isto ocorra, você não fica com raiva do filme por isto. Aliás, recentemente, um tubarão protagonizou uma cena parecida na vida real. Mas o animal foi morto.

    QUAL A LÓGICA...

    Qual a finalidade dos seguranças do parque andarem armados, se quando precisam das armas, elas não fazem efeito algum no dinossauro? Não eram só as habilidades do dino que melhoraram, mas a pele também ficou a prova de balas?




    DOIS GAROTOS, UMA REDOMA DE VIDRO, DINOSSAUROS

    Você deixaria seus filhos num passeio, onde eles iriam passear numa bola de vidro indestrutível (que destrói no primeiro ataque!!!), totalmente livres (sem trilhos), e ainda sem contar com a provável possibilidade de adolescentes "sismarem" e ir pelo caminho que quiserem?


    Gente, é para ficar revoltado!!! Qualquer dinossauro chuta-os, sem querer, para muito distante de qualquer objetivo, num simples toque. Que ideia mais ridícula.

    No primeiro filme eram trilhos. Neste, para dar um certo ar de avanço tecnológico, o carro flutua, como se fosse possível os dinossauros diferenciarem a evolução dos seres humanos.
    Tipo assim: "- Agora estamos em 2025 mamãe dinossauro. Estamos evoluídos e somos pacíficos, não podemos encostar nos veículos.
    - Isto mesmo, filha..." Fala sério né? 

    CAIAQUE NO RIO DE DINOSSAUROS

    Gente, olha o absurdo. A garotada descendo o rio num caiaque, com os dinossauros bebendo água, sem a menor proteção. Como assim? Alguém pensou que só porque os dinossauros são herbívoros eles não são perigosos? E se eles se trombassem por algum motivo e caíssem em cima dos visitantes? E se assustassem? Gente, não seria seguro se fossem elefantes...imagina dinossauros

    MULHER CORRENDO DE SALTO

    Outro mistério que não sai da minha cabeça é o motivo de, durante toda a história, a mocinha vivida por Bryce Dallas Howard não tirar os saltos altíssimos. A personagem não aparece uma ou duas vezes: é co-protagonista. Passa boa parte do tempo correndo de dinossauros, inclusive sobre lama, com velocidade de Usain Bolt. E nada de se livrar dos calçados inviáveis para a corrida.


    Bryce Dallas Howard  contou à Variety que achou a ideia de usar sapatos altos tão ridícula que chegou a ponderar ignorar essa exigência do realizador. Acabou por calçar sapatilhas com a sola um pouco mais alta para estar mais confortável durante as gravações, sem que se perdesse o efeito físico de uma mulher a correr com sapatos altos. “Pode assustar mais  eu correndo com sapatos altos do que fugindo de um dinossauro”, diz Howard.

    Os saltos não eram mais que uma metáfora para os obstáculos que Claire teria de enfrentar para salvar a vida dos sobrinhos. E obviamente , descer dos saltos para isto...Até um adolescente seria mais criativo.

    FÓSFORO MOLHADO ACENDE?

    Numa sequência, os irmãos Mitchell (interpretados por Nick Robinson, o maior, e Ty Simpkins) ficam submersos na água por um bom tempo. 

    Minutos mais tarde, o caçula pega um fósforo que estava com ele e acende. Minha dúvida: como fósforo molhado acende?

    É mais fácil acreditar em dinossauros revividos e seus híbridos assustadores do que no fogo feito com fósforo encharcado.


    CRIANÇAS E UM CARRO QUEBRADO

    As crianças (sempre espertas nestes filmes) chegam há um local onde há os carros do filme de 1994. Têm uns 15 anos que os carros estão parados. Eles tiram uma bateria funcionando não sei de onde, e com uma chave de fenda, concertam o carro...
    Tudo neste filme é mágico. Repare na mesma cena, ele ativa um capacete com luz, que também está ali há algumas décadas (percebe-se isto, obviamente, pelas referências ao primeiro filme na cena, além do local tomado por plantas).
    E sempre tudo recheado de piadinhas que não cabem à situação, tipo "- Pensei que tinha  tomado pau no exame de motorista!"

    QUAL A LOGICA 2 ?

    Durante o fantástico ataque dos pterodátilos, a mocinha salva o aspirante (por enquanto) a Indiana jones, e o que ele faz? No meio de pessoas sendo caçadas implacavelmente? Beija ela..!!! Corre...grita...borra a calça, mas não beija a mulher, pelo amor de Deus. Ali naquele cenário não ha a mínima chance para romantismo.
    Aí depois do beijo ela vai e pergunta para os meninos: tá tudo bem? precisam de alguma coisa? .............
    tipo.... querem um mac lanche feliz? titia pega...

    Ptero lanche feliz...


    ZARA - A ASSISTENTE AZARADA

    Após a Indominus Rex libertar uma quantidade enorme de pterossauros no parque, o filme dedica 40 segundos para matar Zara, a assistente de Claire.
    Zara é apanhada do meio da multidão…
    …disputada no ar por outro pterossauro…
    …atirada no tanque do mosassauro…
    …pescada…
    …afogada…
    …pescada novamente…
    …e, por fim, engolida viva pelo mosassauro.
    Sua morte é tão cruel que o filme parece punir a personagem por um crime de guerra, quando na verdade ela só não estava empolgada em cuidar dos sobrinhos chatos da chefe!!!!
    Na verdade, ela é punida desde que chega na ilha (a porta se fecha nela)
    Repare que os pteros não pegam ninguém, mas três vão atrás da babá dentro d'água...


    LOCALIZADOR

    O dinossauro malzão (no filme tem esta distinção, acredite), ao fugir, retira o localizador de seu corpo! A equipe de mercenários acha o localizador com parte da pele do bicho...mas é todo mundo morto na cena...no meio da floresta..
    Quando os velociraptors vão ser soltos para ir atrás do Indominus, o que o nosso querido Indiana Jones faz? Pega aquele pedaço de carne com o localizador e dá para eles cheirarem!!!
    Hã?
    Hein?
    Revejam o filme...e tentem imaginar como aquele pedaço chegou nas mãos de Owen...
    É um completo absurdo.

    O GANGSTER

    O velociraptors descobrem que o Indominus é "parça" deles, e manda eles atacarem os humanos.

    Eles obedecem!!!!???

    Mas no final, os velociraptors vão atacar Owen, a tia e as crianças, mas eles não resistem ao afago de Owen (em algum momento no filme existe meramente esta possibilidade? nunca!!)...aí chega o gangster Indominus, e manda os velociraptors atacarem os humanos, mas eles rejeitam a ideia e rola a treta entre eles!!!!!!!!

    Enquanto isto, Owen dás uns tiros na galera para animar a festa.


    E é claro, a moça do super salto tem a brilhante ideia de soltar o tiranossauro que é o dino resolve treta...


    Dino ResolveTreta Balboa... pois vem...apanha...apanha...vai a nocaute...de repente levanta e ganha a luta com a ajuda do UruBlue (só podia ser ele) e o Jacaré Come Babá ca (afinal comeu o Indominus e a babá)

    Repare como o jacarézão pula fora da piscina!! Não poderia ter feito isto antes em outras ocasiões?

    E O FINAL MAIS ABSURDO DE TODOS?

    Depois que sobram tiranossauro, velociraptor e humanos, uns olham para a cara o do outro, tipo três homens em conflito e "dizem" com os olhos algo tipo: chega de treta por hoje galera, deixa para o próximo filme!!!
    Na verdade, queridos leitores, o filme te passa a sensação que algo vai dar errado o tempo todo, e é espantoso como não tinha dado até o momento do início da história. O filme é tão inconsistente, que surpreende ter feito tanto sucesso...

    Mas Transformers 4 também fez, então, as pessoas gostam mesmo dos dinossauros...



    No final o filme é feito para esta criança dentro de você, e se essa criança lembra de Jurassic Park, vai vibrar ainda mais durante um plano sequência que redime erros grotescos cometidos principalmente no terceiro longa-metragem. Jurassic World não é sobre encontrar a maestria de Spielberg de 1993, mas sobre encontrar em nós mesmos a criança que era fã daquela obra para melhor aproveitarmos essa que é a primeira sequência digna da franquia, prometida há 22 anos com um rugido e os dizeres: “quando os dinossauros reinavam na Terra”. Mas para ser um blockbuster, e fazer dinheiro, não precisa nos chamar de idiotas tantas vezes enquanto comemos nossa pipoca e curtimos o filme.
    E o filme se tornou a 3ª maior bilheteria do cinema, prova de que o que interessa mesmo ao público, é diversão...




    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    • Comente com o Google

    3 comentários:

    1. Muito top, melhorou muito o whattafuck com os tópicos.

      ResponderExcluir
    2. Gostei das observações e parece que nestes grandes filmes, a preocupação com alógica do roteiro fica em segundo plano, pra variar. é uma pena, pois poderia aliar as duas coisas, sucesso comercial e qualidade artística, pois tinha tudo para isso.

      ResponderExcluir

    Item Reviewed: JURASSIC WORLD (2015) - CRÍTICA DESTRUTIVA Rating: 5 Reviewed By: TUDO SOBRE SEU FILME
    Scroll to Top