• ÚLTIMAS...

    sexta-feira, 30 de outubro de 2015

    INFERNO DE DANTE NO CINEMA



    O Inferno é a primeira parte da "Divina Comédia" de Dante Alighieri, sendo as outras duas o Purgatório e o Paraíso. Está dividido em trinta e quatro cantos (uma divisão de longas poesias), possuindo um canto a mais que as outras duas partes, que serve de introdução ao poema. A viagem de Dante é uma alegoria através do que é essencialmente o conceito medieval de Inferno, guiada pelo poeta romano Virgílio. No poema, o inferno é descrito com nove círculos de sofrimento localizados dentro da Terra. Foi escrito no início do século XIV. Os mais variados pintores de todos os tempos criaram ilustrações sobre esta obra, se destacando Botticelli, Gustave Doré e Dalí.


    Vamos aos filmes:

    INFERNO DE DANTE (1911)

    Título original: L'Inferno/Dante's Inferno
    Direção: Francesco Bertolini, Adolfo Padovan, Giuseppe de Liguoro
    Elenco:  Salvatore Papa, Arturo Pirovano, Giuseppe de Liguoro 
    Duração: 68 min

    Este filme foi a primeira adaptação feita no cinema da obra de Dante Alighieri, "A Divina Comédia". Foi também o maior épico italiano da sua época, uma fantástica viagem dentro do universo de Dante e das gravuras de Gustave Doré, retratando com grande perfeição os anjos, demônios e o próprio Lúcifer. 

    Esta monumental produção durou três anos de filmagens, utilizou incríveis efeitos especiais e gigantescos cenários, numa época em que não se tinha 1/3 dos recursos que o cinema possui nos dias atuais. Na versão reeditada recentemente, ganhou trilha sonora do Tangerine Dream.


    INFERNO DE DANTE (1924)

    Título original: Dante's Inferno 
    Direção: Henry Otto
    Elenco:  Ralph Lewis, Winifred Landis, William Scott
    Duração: 60 min

    As táticas de um maldoso e ganancioso empresário,  levam um homem perturbado a cometer suicídio. O empresário é julgado por assassinato e executado, e depois é levado por demônios para o inferno, onde vai passar o resto da eternidade

    Inferno de Dante (1924) é um filme mudo lançado pela Fox Film Corporation, e adaptado do poema épico de Alighieri,  A Divina Comédia.

    Este filme, como vários anteriores Fox Filmes, a exemplo de A Rainha de Sabá e alguns filmes de Theda Bara, se  destacam pela completa nudez em algumas sequências. Atriz Pauline Starke fica completamente nua nas sequências do inferno, com exceção de uma grande peruca preta fluindo que cobre suas regiões inferiores. Alguns atores estão totalmente nus. . As diferentes cópias do filme foram editadas de acordo com as atitudes das diferentes regiões. Alguns cenas das filmagens do inferno no filme foram reutilizadas em 1935 na outra versão. 


    A NAVE DE SATÃ (1935)

    Título original: Dante's Inferno
    Direção: Harry Lachman
    Elenco:  Spencer Tracy, Claire Trevor, Henry B. Walthall 
    Duração: 89 min 

    Jim Carter conhece Por McWade e os dois se tornam amigos. Por dá a Jim um trabalho como camelô na sua concessão Coney Island Stand chamada Inferno de Dante. É uma das atrações menos populares ao redor. Em sua primeira noite no trabalho, Jim exibe seu carisma, atraindo grandes multidões.

    Esse filme foi recentemente restaurado pelo Museu de Arte Moderna. Algumas reportagens contemporâneas  relatam 14.000 trabalhadores envolvidos nas filmagens, incluindo 5.000 técnicos "trabalhando nos detalhes" em mais de 13 meses. 

    O filme possui uma das sequências mais desconcertantes na história do design de Hollywood - uma viagem para, possivelmente, o mais convincente inferno nunca visto na tela. Ainda assim é um melodrama corajoso estrelado por Spencer Tracy (em um de seus papéis menos favoritos) como um traficante cruel cujos que matava pessoas. Ao longo do caminho encontra Rita Hayworth, que  faz sua estréia no cinema em um número de dança. 


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top