• ÚLTIMAS...

    PLANETA DOS MACACOS NO CINEMA / TV






    Planeta dos Macacos teve uma grande influência sobre muitos filmes, mídia e arte, bem como a cultura popular e discurso político.

    A série começou com o autor francês Pierre Boulle na novela de 1963 "La Planète des Singes". A adaptação para o cinema de 1968, Planet of the Apes, foi um grande sucesso comercial e de crítica, Arthur P. Jacobs produziu a série sob APJAC Productions até sua morte em 1973; desde então, a 20th Century Fox possui a franquia.

    Ainda que seja essencial para qualquer pessoa que curte cinema, o primeiro filme figura em todas as listas como um dos maiores filmes americanos já feitos.

    Abaixo, estão listados os filmes, com informações e diversas curiosidades. Boa sessão:


    PLANETA DOS MACACOS (1968)

    Tìtulo Original: Planet of the Apes
    Direção: Franklin J. Schaffner
    Elenco:  Charlton Heston, Roddy McDowall, Kim Hunter
    Duração: 112 min 

    Três astronautas americanos acordam da hibernação e descobrem que sua espaçonave caiu em um planeta desconhecido, dominado por macacos e gorilas. Estes primatas são inteligentes e desenvolveram uma civilização própria, e vêem os humanos como uma espécie inferior. O astronauta George Taylor (Charlton Heston) é capturado e, quando os macacos descobrem que ele pode falar, surge uma divisão entre os que querem matá-lo e os que vão defendê-lo. Mas ele ainda descobrirá coisas surpreendentes sobre o planeta.

    Curiosidades:

    1. A escolha inicial dos executivos da Fox para interpretar o Dr. Zaius era o ator Edward G. Robinson, que inclusive chegou a gravar cenas de teste com Charlton Heston para o papel. Entretanto, Robinson teve um ataque cardíaco pouco antes do início das filmagens e resolveu por abandonar o papel por temer que não aguentaria os rigores impostos pela maquiagem utilizada para se transformar em Dr. Zaius.
    2. O Oscar especial dado a John Chambers aconteceu porque na época o Oscar não tinha entre suas categorias a de melhor maquiagem. Assim sendo, como forma de reconhecimento pelo trabalho feito em O Planeta dos Macacos nesta área, resolveu-se por dar a Chambers um Oscar honorário.



    DE VOLTA AO PLANETA DOS MACACOS (1970)

    Tìtulo Original: Beneath the Planet of the Apes
    Direção: Ted Post
    Elenco:  James Franciscus, Kim Hunter, Maurice Evans
    Duração: 95 min 

    Seqüência de O Planeta dos Macaco, de 1968. O astronauta Brent (James Franciscus) é enviado em missão para encontrar Taylor e acaba caindo no mesmo planeta dos macacos, como acontecera com Taylor no filme anterior. Ele encontra a humana Nova (Linda Harrison) e alguns macacos que acreditam na inteligência humana, e que conheceram Taylor. Eles seguem para a zona proibida, onde Taylor desapareceu, e encontram humanos telepatas escondidos numa fortaleza subterrânea, o que traz novas revelações sobre a história do planeta. Ao mesmo tempo, uma revolução acontece entre os macacos, trazendo novo perigo.

    Curiosidades:

    1. Inicialmente o título original do filme seria "Planet of the Apes Revisited";
    2. Don Medford seria o diretor de De Volta ao Planeta dos Macacos, mas abandonou o projeto após o orçamento do filme ser reduzido;
    3. Charlton Heston esteve relutante para interpretar mais uma vez o personagem George Taylor, tendo apenas concordado com a exigência de que as filmagens durassem apenas duas semanas;
    4. Burt Reynolds esteve cotado para interpretar o astronauta John Brent;
    5. A escolha de James Franciscus para interpretar John Brent se deveu à sua semelhança física com Charlton Heston, protagonista do filme anterior;
    6. Foi oferecido a Orson Welles o personagem General Ursus, que o recusou;
    7. É o único dos cinco filmes da série que não é estrelado por Roddy McDowell, que não pôde participar por já estar comprometido com outro filme;
    8. Trata-se da 1ª aparição de Natalie Trendy na série. Trendy foi a única integrante do elenco a interpretar uma humana e um macaco nos filmes da série;


    FUGA DO PLANETA DOS MACACOS (1971)

    Tìtulo Original: Escape from the Planet of the Apes
    Direção: Don Taylor
    Elenco:  Roddy McDowall, Kim Hunter, Bradford Dillman
    Duração: 98 min 

    Terceiro filme da série Planeta dos Macacos. No futuro, com o planeta dos macacos sendo destruído, Cornelius (Roddy McDowell) e Zira (Kim Hunter) fogem com a nave deixada pelos humanos astronautas nos filmes anteriores. Eles acabam chegando à Terra dos anos 70 e são tratados da mesma forma que Taylor foi tratado no planeta deles. No início os humanos mostram espanto e curiosidade pelos macacos falantes, mas logo o casal começa a ser visto como uma ameaça e é perseguido. Eles conseguem abrigo junto ao dono de um circo, descobrem a origem do que virá a ser o planeta dos macacos, e Zira tem um bebê, que será assunto do quarto filme da série.

    Curiosidade:

    1. Sal Mineo sentiu-se desconfortável com a maquiagem de seu personagem, o dr. Milo. Desta forma o roteiro foi reescrito para que seu personagem morresse antes na trama.



    CONQUISTA DO PLANETA DOS MACACOS (1972)

    Tìtulo Original: Conquest of the Planet of the Apes
    Direção: J. Lee Thompson
    Elenco:  Roddy McDowall, Don Murray, Ricardo Montalban
    Duração: 88 min

    Quarto filme da série Planeta dos Macacos. No filme anterior, um casal de macacos do futuro chega aos anos 70, no planeta ainda dominado por humanos, e tem um filho, Ceasar. Os pais de Ceasar são assassinados e ele é criado pelo dono de um circo, que o protege da perseguição contra os símios do futuro. Vinte anos depois, os macacos foram tomados pelos humanos como bichos de estimação e são tratados como escravos. E Ceasar comandará estes macacos numa revolta contra os humanos opressores, dando início a supremacia de sua raça.

    Curiosidades:

    1. A cena da batalha final sofreu cortes da 20th Century Fox, devido à violência. A intenção era obter uma censura mais branda para o filme;
    2. A versão em Blu-Ray, lançada em 2008, traz tanto a versão exibida nos cinemas quanto uma não censurada, com os créditos de abertura e o final diferentes.



    BATALHA DO PLANETA DOS MACACOS (1972)

    Tìtulo Original: Battle for the Planet of the Apes
    Direção:  J. Lee Thompson
    Elenco:  Roddy McDowall, Claude Akins, Natalie Trundy
    Duração: 93 min

    Quinto e último filme da série de ficção científica Planeta dos Macacos. Roddy McDowall está novamente na pele de Caesar, o macaco que liderou a rebelião de seus semelhantes contra os humanos opressores no filme anterior. Alguns anos no futuro, os humanos praticamente destruíram a Terra numa guerra nuclear e os sobreviventes são cidadãos marginais numa sociedade já dominada por macacos. Caesar é o líder e prega uma coexistência pacífica com os humanos, mas existem símios que pensam diferente e querem uma guerra. Ao mesmo tempo, os humanos que restaram se unem para tomar de volta a civilização, iniciando uma batalha entre humanos e algumas facções dos macacos. Este é o filme da série que contou com menor orçamento e fez menos sucesso, mas ficou famoso por contar com uma participação especial de John Huston.

    Curiosidades:

    1. Os diretores John Huston e John Landis aparecem em pequenos papéis;
    2. A CBS cortou 14 minutos do filme para exibi-lo em 1975;- Ao ser lançado em vídeo, A Batalha do Planeta dos Macacos teve cortadas todas as cenas com a atriz France Nuyen. Na versão em DVD estas cenas estão disponíveis nos bônus
    3. Roddy MacDowall e Natalie Trundy são os únicos atores a aparecerem em quatro dos cinco filmes da série. Roddy MacDowell apenas não esteve em De Volta ao Planeta dos Macacos (1970), enquanto que Natalie Trundy não integrou o elenco de O Planeta dos Macacos (1968);
    4. Roddy MacDowall também participou da série de TV Planet of the Apes, exibida em 1974. Ele foi o único ator a dar voz a três personagens distintos: Cornelius, seu filho Caesar e Galen, na série de TV;



    PLANETA DOS MACACOS - TV(1974)

    Tìtulo Original: Planet of the Apes
    Desenvolvedor para Tv:  Anthony Wilson
    Elenco:   Roddy McDowall, Ron Harper, James Naughton 
    Duração: 14 Episódios de 47 min

    A série não faz muito sentido com os filmes, mas os eventos do programa televisivo provavelmente  antecedem o filme original de 1968 e, ao mesmo tempo, seguem os eventos de Fuga do Planeta dos Macacos, de 1971. Ambientada em 3085, astronautas caem na Terra futurista, da mesma forma que no longa original, só que 900 anos antes do personagem de Charlton Heston. O motivo para isso nunca fica claro, mas pode ser devido às mudanças da linha do tempo, o que explicaria as alterações significativas no planeta e as diferenças de datas.


    PLANETA DOS MACACOS (2001)

    Tìtulo Original: Planet of the Apes
    Direção: Tim Burton
    Elenco:  Mark Wahlberg, Helena Bonham Carter, Tim Roth
    Duração: 119 min

    No ano 2029, o astronauta Leo Davidson (Mark Wahlberg) vai ao espaço em uma missão de rotina e, acidentalmente, vai parar num estranho planeta povoado e comandado por macacos. Leo é capturado e preso junto a outros humanos que vivem enjaulados, maltratados e escravizados. Ari (Helen Bonham-Carter), a princesa dos macacos, acredita que humanos e macacos poderiam coexistir em harmonia e irá defender Leo na sua batalha pela raça humana. Eles lutam contra o vilão Thade (Tim Roth), comandante militar dos macacos que vê os humanos como inferiores e destinados a escravidão.

    Curiosidade:

    1. A intenção em refilmar O Planeta dos Macacos pela 20th Century Fox vem desde 1993, quando o primeiro nome cogitado para assumir a direção foi o de Oliver Stone. Logo após o ator Arnold Schwarzenegger mostrou interesse em interpretar o personagem que fora de Charlton Heston no filme original, o que fez com que Stone desistisse do projeto. Schwarzenegger chegou a aprovar a escolha de Phillip Noyce para a direção, mas este preferiu dirigir O Santo. Logo após a Fox contratou Chris Columbus e Sam Hamm para reescreveu o roteiro do filme, havendo ainda boatos de que James Cameron assumiria a direção. Apenas em 2000 foi escolhido o diretor definitivo da nova versão de O Planeta dos Macacos, que viria a ser Tim Burton.



    PLANETA DOS MACACOS - A ORIGEM (2011)

    Tìtulo Original: Rise of the Planet of the Apes
    Direção: Rupert Wyatt
    Elenco:  James Franco, Andy Serkis, Freida Pinto
    Duração: 105 min

    No mundo contemporâneo, o jovem cientista Will Rodman (James Franco) está a frente de um grupo de pesquisadores que desenvolvem experimentos genéticos em macacos. Uma de suas experiências é o símio César (Andy Serkis) que com sua super inteligência vai liderar uma rebelião contra os humanos.

    Curiosidade:

    1. Robert Rodriguez, Kathryn Bigelow e Thomas Alfredson receberam propostas para dirigir O Planeta dos Macacos - A Origem. Todos recusaram.Pierre Morel, James McTeigue, Dennis Iliadis, Scott Stewart e os irmãos Albert e Allen Hughes também estiveram cotados para assumir a direção do filme.



    PLANETA DOS MACACOS - O CONFRONTO (2014)

    Tìtulo Original: Dawn of the Planet of the Apes
    Direção: Matt Reeves
    Elenco:  Gary Oldman, Keri Russell, Andy Serkis
    Duração:  130 min

    A continuação de Planeta dos Macacos - A Origem (2011) se passa dez anos após a conquista da liberdade de César (Andy Serkis). Ele e os demais macacos vivem em paz na floresta próxima a San Francisco, onde desenvolveram uma comunidade própria, baseada no apoio mútuo. Enquanto isso, os humanos enfrentam uma das maiores epidemias de todos os tempos, causada por um vírus criado em laboratório, chamado vírus símio. Quando um grupo de sobreviventes encontra os macacos cabe  Malcolm (Jason Clarke) e César negociarem uma trégua que pode não durar.

    Curiosidades:

    1. Inicialmente seria Rupert Wyatt, o diretor de Planeta dos Macacos - A Origem, quem dirigiria esta sequência. Entretanto, ele preferiu deixar o projeto após a 20th Century Fox insistir que o filme fosse lançado no verão americano de 2014. Wyatt acreditava que não haveria tempo suficiente para que fizesse o filme da forma que gostaria.
    2. O livro que Alexander (Kodi Smit-McPhee) carrega e entrega a Maurice é intitulado Black Hole, de Charles Burns. A história é sobre uma doença sexualmente transmissível entre os adolescentes norte-americanos que os transforma em párias – premissa essa que tem uma série de semelhanças com o roteiro de Planeta dos Macacos: O Confronto, como pela parcela da população que vive exilada, em quarentena, e até mesmo pela preocupação de César em manter o seu povo segregado, na floresta, para evitar um confronto com os humanos.
    3. O marido de Judy Greer ficou muito orgulhoso quando a atriz foi contratada para viver Cornelia. O motivo: ele é um fã incondicional de O Planeta dos Macacos (1968). Em entrevista ao site Vulture, Greer revelou que o fascínio de seu marido pelo filme é tão grande que o casal sobre o topo de seu bolo de casamento era formado por dois chimpanzés, enquanto o filme original e o remake de 2001 passavam em duas televisões perto do bar.
    4. Andy Serkis, Terry Notary e Karin Konoval foram os únicos atores de Planeta dos Macacos: A Origem a reprisarem seus papéis – Caesar, Rocket, and Maurice, respectivamente – em Planeta dos Macacos: O Confronto. Judy Greer substituiu a dançarina e dublê Devyn Dalton como a namorada do protagonista Cornelia e Toby Kebbell substituiu o dublê e ator de captura de imagens Christopher Gordon como o assustador chimpanzé de laboratório Koba.
    5. Ao contrário do filme anterior, O Confronto foi majoritariamente filmado em locações externas. Andy Serkis contou que filmar tanto tempo nessas condições, em trajes de capturas de movimentos, deixou os atores que interpretaram macacos tão malcheirosos por conta do suor que eles evitavam chegar perto de outras pessoas durante as filmagens.
    6. O que aconteceu com Will (James Franco) após os eventos de Planeta dos Macacos - A Origem é desconhecido, mas há uma pista em Planeta dos Macacos: O Confronto. Quando do retorno de César à sua casa, é possível ver um X ao lado da porta de entrada da casa. O sinal costuma indicar que a área está infectada.
    7. Apesar de participar desse segundo filme por meio de uma gravação de vídeo, Franco não teve nenhum envolvimento com o projeto, tampouco conhecimento de que sua imagem seria utilizada na continuação. O vídeo é do primeiro filme, que não entrou num acordo para retornar na sequência por ter pedido um cachê muito alto.
    8. Numa cena de Planeta dos Macacos: O Confronto, supostos atiradores de elite fecham um dos olhos para testar fuzis novos com mira laser. Pois o que os atores não sabiam (e qualquer atirador amador sabe) é que essas armas foram criadas especificamente para permitir que o atirador mantenha os dois olhos abertos e tenha um ganho em visão periférica em situações de perigo.
    9. Além dos macacos, a empresa de efeitos visuais Weta Digital teve de criar outros animais digitalmente, como um viado, um urso pardo e alguns cavalos.
    10. Matt Reeves escalou Keri Russell como a protagonista feminina de O Confronto aproximadamente 15 anos após aprová-la em seu papel mais famoso, na série de TV Felicity.
    11. Gary Oldman foi cogitado para o papel do General Thade do remake Planeta dos Macacos, de Tim Burton. O ator britânico interpreta Dreyfus nessa nova franquia.





    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top