• ÚLTIMAS...

    12 FILMES PARA ASSISTIR NO DIA DOS PAIS - PARTE 2


    Como homenagem ao dia dos pais, eis alguns filmes para assistir neste dia seu ente querido. Separei filmes de diferentes gêneros e épocas, para atingir todos os gostos. Boa sessão:

    LADRÕES DE BICICLETA
    (LADRI DI BICICLETTE, 1948)

    A história de um desempregado que tem mulher e filho para sustentar. O operário Antonio aceita um emprego de colador de cartazes e, para isso, precisa de uma bicicleta para poder trabalhar. Só que há algum tempo ele penhorou a bicicleta. Para recuperá-la, Maria, mulher de Antonio empenha o enxoval de noiva. Mas no primeiro dia de trabalho, por um descuido, Antonio tem a bicicleta roubada. Ele e o pequeno Bruno tem apenas o domingo para recuperá-la. A busca vira uma aventura inútil e desesperada.




    O SOL É PARA TODOS
    (TO KILL A MOCKINBIRD, 1962)

    Jean Louise Finch (Mary Badham) recorda que em 1932, quando tinha seis anos, Macomb, no Alabama, já era um lugarejo velho. Nesta época Tom Robinson (Brock Peters), um jovem negro, foi acusado de estuprar Mayella Violet Ewell (Collin Wilcox Paxton), uma jovem branca. Seu pai, Atticus Finch (Gregory Peck), um advogado extremamente íntegro, concordou em defendê-lo e, apesar de boa parte da cidade ser contra sua posição, ele decidiu ir adiante e fazer de tudo para absolver o réu.

    PODEROSO CHEFÃO
    (THE GODFATHER, 1972)

    Apesar da violência, O Poderoso Chefão é primeiramente um filme sobre o poder da lealdade e do amor na família Corleone e na comunidade em que eles vivem. A história se inicia com o casamento de Connie (Talia Share), a filha de Don Corleone (Marlon Brando). Como um senhor feudal, ele recebe os cumprimentos e promessas de lealdade da família e de clientes. Os outros filhos de Corleone estão presentes: o sangue-quente Sony (James Caan), o mais velho que irá substitui-lo, e Fredo (John Cazale), que não se adequa aos negócios da família. O preferido de Corleone é o filho mais novo, Michael (Al Pacino), que voltou como herói da II Guerra Mundial e não tem nenhum envolvimento com a máfia. Porém, devido à incapacidade do pai, se vê forçado a assumir a liderança da família, contrariando o que Corleone queria para seu futuro.


    PARIS, TEXAS
    (IDEM, 1984)

    Travis (Harry Dean Stanton) está vagando pelo deserto do Texas e, desesperado por água, faz uma parada em um bar, onde tem um colapso. Lá, um médico alemão acha o telefone do irmão Walt em seu bolso, para onde liga e conta a história. Walt, por sua vez, fica surpreso ao saber que seu irmão está perdido no Texas, já que ele não entrava em contato com a família em quatro anos. Walt vai ao Texas em busca do irmão e, juntos, voltam para Los Angeles, onde Walt vive com sua mulher Anne (Aurore Clement) e Hunter (Hunter Carson), filho de Travis. de volta para casa, Travis tenta se reconciliar com o filho e sua mulher, Jane (Nastassia Kinski).

    A FILHA AMERICANA


    (AMERIKANSKAYA DOCH, 1995)

    Abandonado pela mulher que decide viver com um americano rico no país do Tio Sam, músico russo vai ao seu encontro, dez anos mais tarde, visando restabelecer os laços com a filha pré-adolescente.
    o Diretor Karen Shakhnazarov realizou vários trabalhos interessantes, entre eles Tigre Branco, também lançado pela CPC-Umes filmes e que foi tema da nossa publicação sobre filmes de tanques essenciais, que pode ser conferido no link U+21E8.gif  10 Filmes sobre tanques


    A VIDA É BELA
    (LA VITA È BELA, 1997)

    Guido (Roberto Benigni) é um judeu que muda do campo para a cidade nos anos 30. Lá, conhece a encantadora professora Dora (Nicoletta Braschi), por quem se apaixona. Cinco anos mais tarde, eles estão casados e têm um filho, Josué (Giorgio Cantarini). Guido e sua família são capturados e ficam presos em um campo de concentração. Preocupado com seu filho, Guido tenta amenizar o sofrimento do menino, contando histórias. Para poupar seu filho das crueldades do nazismo, diz que estão participando de uma gincana para ganhar um tanque de guerra e devem passar por muitas privações para conseguir o prêmio.

    2 FILHOS DE FRANCISCO
    (IDEM, 2005)

    O longa-metragem conta a trajetória dos famosos cantores sertanejos Zezé Di Camargo (Márcio Kieling) e Luciano (Thiago Mendonça) a partir do sonho de um pai, Francisco Camargo (Ângelo Antônio). Trabalhador rural e apaixonado por música, ele passava todo o seu tempo livre escutando um rádio de pilha e planejando transformar os filhos em uma dupla caipira de sucesso, como aquelas que tanto gostava.
    O filme marca a estreia de Breno Silveira como diretor de longa-metragem.


    À PROCURA DA FELICIDADE
    (THE PURSUIT OF HAPPYNESS, 2006)

    Chris Gardner (Will Smith) é um pai de família que enfrenta sérios problemas financeiros. Apesar de todas as tentativas em manter a família unida, Linda (Thandie Newton), sua esposa, decide partir. Chris agora é pai solteiro e precisa cuidar de Christopher (Jaden Smith), seu filho de apenas 5 anos. Ele tenta usar sua habilidade como vendedor para conseguir um emprego melhor, que lhe dê um salário mais digno. Chris consegue uma vaga de estagiário numa importante corretora de ações, mas não recebe salário pelos serviços prestados. Sua esperança é que, ao fim do programa de estágio, ele seja contratado e assim tenha um futuro promissor na empresa. Porém seus problemas financeiros não podem esperar que isto aconteça, o que faz com que sejam despejados. Chris e Christopher passam a dormir em abrigos, estações de trem, banheiros e onde quer que consigam um refúgio à noite, mantendo a esperança de que dias melhores virão.


    ENSINANDO A VIVER
    (THE MARTIAN CHILD, 2007)

    Em sua infância solitária, o escritor de sucesso interpretado por John Cusack torcia para que chegasse o dia em que extraterrestres desembarcassem na Terra para levá-lo. O dia nunca chegou, mas quando cresceu, escreveu alguns premiados livros sobre o tema e acabou casando. Com a morte de sua esposa, o redator acabou se fechando em seu mundo novamente e decidiu que precisava da companhia de um filho que nunca pôde ter. Logo na primeira visita, se identificou com um garoto que vive dentro de uma caixa e pensa ser alienígena. Os dois passam a morar junto e o novo pai passa a desconfiar que o garoto realmente pode ser de outro planeta.


    A ESTRADA
    (THE ROAD, 2009)

    O mundo foi destruído há mais de 10 anos, mas ninguém sabe o que exatamente aconteceu. Como resultado, não há energia, vegetação ou comida. Milhões de pessoas morreram, devido aos incêndios, inundações ou queimadas que se seguiram ao cataclismo. Neste contexto vivem um pai (Viggo Mortensen) e seu filho (Kodi Smit-McPhee), que sobrevivem de quaisquer alimento e vestuário que conseguem roubar. Apesar dos contratempos, eles seguem viagem pela estrada, sempre rumo ao oeste dos Estados Unidos.


    A ÁRVORE DA VIDA
    (THE TREE OF LIFE, 2011)

    Boa parte do filme se passa nos anos 50. A trama gira em torno do casal O'Brien e seus três filhos. Jack (Sean Penn) é o irmão mais velho e, no começo da trama, está vivendo uma feliz e inocente infância com seus 11 anos. Tudo muda quando um dos irmãos morre e a família entra em desespero. A história passa então a mostrar a transformação do garoto Jack em um adulto perdido no mundo moderno e em constante busca pelo sentido da vida.



    GONZAGA - DE PAI PARA FILHO
    (IDEM, 2012)

    Decidido a mudar seu destino, Gonzaga sai de casa jovem e segue para cidade grande em busca de novos horizontes e para apagar uma tristeza amorosa. Lá, ele conhece uma bela mulher, Odaléia (Nanda Costa), por quem se encanta. Após o nascimento do filho e complicações de saúde da esposa, ele decide voltar para a estrada para garantir os estudos e um futuro melhor para o herdeiro. Para isso, deixa o pequeno aos cuidados de amigos no Rio de Janeiro e sai pelo Brasil afora. Só não imaginava que essa distância entre eles faria crescer uma complicada relação, potencializada pelas personalidades fortes de ambos.




    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top