• ÚLTIMAS...

    A HERANÇA DOS 500.000 MORTOS (1963) - CLÁSSICOS ESQUECIDOS



    Espero aguçar a curiosidades de cinéfilos com os filmes retratados aqui. Na sessão de hoje trago mais uma pérola.
    Todos sabem como Akira Kurosawa gostava de trabalhar com Toshiro Mifune. Mas o que quase ninguém sabe é que Toshiro Mifune dirigiu este filme, com nome bem convidativo, e que Kurosawa editou.
    Vamos ao filme
    A HERANÇA DOS 500.000 MORTOS  (1963) 

    Ficha técnica

    Título original: Gojuman-nin no isan
    Dirigido por:Toshirô Mifune
    Roteiro: Ryûzô Kikushima
    Edição: Shûichi Anbara, Akira Kurosawa
    Elenco: Toshirô Mifune, Tatsuya Mihashi, Tsutomu Yamazaki, Mie Hama, Yuriko Hoshi, Yoshio Tsuchiya, Sachio Sakai, Yoshifumi Tajima, Tetsu Nakamura, F.J. Horning, Evie King, Teddy Akauiri, Keiko Yamada, Terry, Michio Hayashi, Tatsuya Nakadai
    Liberado para distribuição :12 Jun 1964
    Duração:1h 37m


    Sinopse

    Durante a Segunda Guerra Mundial, Takeichi Matsuo se refugiou num esconderijo  nas montanhas  nas Filipinas. Anos após a guerra, ele é seqüestrado por Mitsura e Keigo Gunji, irmãos que querem que Matsuo leve-os na montanha onde há ouro enterrado. Matsuo, que é atormentado pelas memórias dos meio milhão de japoneses que morreram nas Filipinas durante a guerra, quer fugir com o ouro e devolvê-lo ao povo japonês. Mas é claro que os irmãos Gunji tem outras idéias.

    Curiosidades

    Foi o primeiro e único filme dirigido pelo ator.
    Interessante que o filme não seja de samurai, já que era um tipo de filme que o ator atuava muito, e consequentemente havia uma tendência que isto acontecesse.
    No início de carreira, Kurosawa editou alguns filmes que não dirigiu, mas a grande maioria, ele só editava se dirigisse (não necessariamente o contrário).
    O filme têm outros 3 títulos:  Legacy of the 500,000; Legacy of the Five Hundred Thousand; 500,000, que são variações do mesmo.




    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top