• ÚLTIMAS...

    sexta-feira, 15 de maio de 2015

    OSCAR 1976 - VENCEDORES E CURIOSIDADES

    Os vencedores no palco com Elizabeth Taylor, na celebração dos 200 anos dos EUA

    1976




    UM ESTRANHO NO NINHO
              

    MELHOR FILME
    Um Estranho no Ninho


    MELHOR ATOR
    Um Estranho no Ninho: Jack Nicholson

    MELHOR ATRIZ
    Um Estranho no Ninho: Louise Fletcher

    MELHOR ATOR COADJUVANTE
    Uma Dupla Desajustada: George Burns

    MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
    Shampoo: Lee Grant

    MELHOR DIRETOR
    Um Estranho no Ninho: Milos Forman

    MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
    Um Dia de Cão

    MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
    Um Estranho no Ninho

    MELHOR FOTOGRAFIA
    Barry Lyndon

    MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
    Barry Lyndon

    MELHOR FIGURINO
    Barry Lyndon

    MELHOR SOM
    Tubarão:

    MELHOR EDIÇÃO
    Tubarão

    MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
    Nashville: "I'm Easy"

    MELHOR TRILHA SONORA DRAMÁTICA
    Tubarão

    MELHOR TRILHA SONORA DE CANÇÃO ADAPTADA OU ORIGINAL
    Barry Lyndon

    MELHOR ANIMAÇÃO EM CURTA-METRAGEM 
    Great (Isambard Kingdom Brunel)

    MELHOR CURTA-METRAGEM
    Angel and Big Joe

    MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM
    The End of the Game

    MELHOR DOCUMENTÁRIO
    The Man Who Skied Down Everest

    MELHOR FILME ESTRANGEIRO
    Dersu Uzala








    Imagem
    "Um Estranho no Ninho" foi o primeiro filme a ganhar o "BIG FIVE" (as cinco maiores categorias do Oscar) Melhor Filme, Ator, Atriz, Direção e Roteiro. Desde "Aconteceu Naquela Noite" esse feito não era repetido - 41 anos antes.

    Imagem
    Aos Oitenta anos de idade, George Burns ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante e tornou-se o artista mais velho a ganhar uma estatueta numa categoria competitiva. 

    Imagem
    Louise Fletcher deu parte de seu discurso de aceitação em língua de sinais, dirigindo aos seus pais surdos que assistiam em casa. É considerado até hoje um dos discursos mais emocionantes da história do Oscar.

    Imagem
    Comenta-se que Fletcher também ganhou em um ano onde a categoria de Melhor Atriz estava completamente fraca. Além disso, sua performance era mais coadjuvante que de protagonista. 

    Imagem
    A atriz francesa Isabelle Adjani recebeu sua primeira indicação para Melhor Atriz por "A História de Adèle H.", aos 20 anos na época, a atriz mais jovem a ser nomeada na categoria, quebrando o recorde estabelecido por Elizabeth Hartman com 22 anos, em 1967.

    Imagem
    "Tubarão" venceu todas as suas nomeações, exceto o de Melhor Filme. "Tubarão" é um dos poucos filmes a ser nomeado para Melhor Filme, mas não em outras grandes categorias como roteiro, atuação e direção.

    Imagem
    Elizabeth Taylor fechou o show, levando uma saudação ao Bicentenário dos EUA.



    Imagem
    "O Homem Que Queria Ser Rei"

    MELHOR FILME


    Imagem
    John Cazale por "Um Dia de Cão"

    MELHOR ATOR COADJUVANTE


    Imagem
    "Monty Python em Busca do Cálice Sagrado"

    EM QUALQUER CATEGORIA


    Imagem
    Diane Keaton por "A Última Noite de Bóris Grushenko"

    MELHOR ATRIZ





    9 - Um Estranho no Ninho
    7 - Barry Lyndon
    6 - Um Dia de Cão
    5 - Funny Lady
    5 - Nashville
    4 - O Dirigível Hindenburg
    4 - Tubarão
    4 - O Homem Que Queria Ser Rei
    4 - Shampoo
    4 - Uma Dupla Desajustada
    2 - Amarcord
    2 - Mera Coincidência
    2 - O Dia do Gafanhoto
    2 - Perfume de Mulher
    2 - Tommy
    2 - O Vento e o Leão







    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top