• ÚLTIMAS...

    sexta-feira, 8 de maio de 2015

    OSCAR 1961 - VENCEDORES E CURIOSIDADES

    Na festa do Oscar, Elizabeth Taylor e Eddie Fisher.

    1961




    SE MEU APARTAMENTO FALASSE
              
    Melhor Filme


    Se Meu Apartamento Falasse
    Melhor Ator
    Entre Deus e o Pecado: Burt Lancaster
    Melhor Atriz
    Disque Butterfield 8: Elizabeth Taylor
    Melhor Ator Coadjuvante
    Spartacus: Peter Ustinov
    Melhor Atriz Coadjuvante
    Entre Deus e o Pecado: Shirley Jones
    Melhor Diretor
    Se Meu Apartamento Falasse: Billy Wilder
    Melhor Roteiro Original
    Se Meu Apartamento Falasse
    Melhor Roteiro Adaptado
    Entre Deus e o Pecado
    Melhor Fotografia Colorida
    Spartacus
    Melhor Fotografia em Preto-e-Branco
    Filhos e Amantes
    Melhor Direção de Arte em Preto-e-Branco
    Se Meu Apartamento Falasse
    Melhor Direção de Arte Colorida
    Spartacus
    Melhor Figurino em Preto-e-Branco
    O Jogo Proibido do Amor
    Melhor Figurino Colorido
    Spartacus
    Melhor Som
    O Álamo
    Melhor Edição
    Se Meu Apartamento Falasse
    Melhor Efeitos Visuais
    A Máquina do Tempo
    Melhor Canção Original
    Nunca Aos Domingos: "Ta paidia tou Peiraia" ("Never on Sunday").
    Melhor Trilha Sonora em Musical
    Sonho de Amor
    Melhor Trilha Sonora em Comédia ou Drama
    Exodus
    Melhor Curta-Metragem
    Day of the Painter
    Melhor Animação em Curta-Metragem
    Munro
    Melhor Documentário em Curta-Metragem
    Giuseppina
    Melhor Documentário
    The Horse with the Flying Tail
    Melhor Filme Estrangeiro
    A Fonte da Donzela






    Billy Wilder foi negligenciado no ano anterior por "Quanto Mais Quente Melhor", de modo que a Academia desfez a injustiça em 1961. Foi uma vitória tripla inédita para Wilder - três Oscars por co-escrever, produzir, e dirigir o mesmo filme. A última vez que uma vitória tripla ocorreu foi pata Leo McCarey por "O Bom Pastor" , mas em 1944, o prêmio de Melhor Filme ainda não era dado aos produtores.

    Para alguns especialistas, a vitória de Elizabeth Taylor por um filme melodramático amplamente criticado é interpretado como um voto de simpatia, porque ela tinha perdido nos três anos anteriores. Taylor havia passado por uma traqueotomia de emergência durante um ataque quase fatal de pneumonia, e tinha cicatrizes de garganta.

    Pela primeira vez, uma canção de filme estrangeiro venceu na categoria de Melhor Canção.


    Shirley Jones venceu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, mas ficaria mais conhecida por interpretar uma mãe no programa de TV, "A Família Dó-Ré-Mi".


    Gary Cooper que havia ganho o Oscar Honorário (já tinha duas estatuetas anteriores) morreu um mês após a cerimônia de premiação.


    Neste ano, Hayley Mills foi a último ganhadora do Oscar juvenil (uma estatueta em miniatura) - uma honra que começou como um tributo a Shirley Temple em 1934.



    Bob Hope foi o mestre de cerimônias.






    Imagem
    "Psicose"

    MELHOR FILME


    Imagem
    "Anthony Perkins" por "Psicose"

    MELHOR ATOR


    Imagem
    "Psicose"

    MELHOR TRILHA SONORA


    Imagem
    Fred MacMurray por "Se Meu Apartamento Falasse"

    MELHOR ATOR COADJUVANTE





    10 - Se Meu Apartamento Falasse
    7 - O Álamo
    7 - Pepe
    7 - Filhos e Amantes
    6 - Spartacus
    5 - Entre Deus e o Pecado
    5 - O Jogo Proibido do Amor
    5 - Nunca Aos Domingos
    5 - Peregrino da Esperança
    4 - O Vento Será Tua Herança
    4 - Psicose
    4 - Dez Passos Imortais
    3 - Exodus
    2 - Disque Butterfield 8
    2 - Can-Can
    2 - Cimarron
    2 - A Fonte da Donzela







    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top