• ÚLTIMAS...

    segunda-feira, 20 de abril de 2015

    ZUMBIS NO CINEMA E CLÁSSICOS SCI-FI - PELA VERSÁTIL

    Quem me conhece (pessoalmente ou não), sabe que sou cinéfilo, assisti quase 20.000 filmes, coleciono de tudo sobre o mundo de cinema.

    Coleciono dvds, e coleciono dvds de tudo e todos. Todos os gêneros e produtoras, imagens boas ou não. 

    Mas aos poucos, uma distribuidora foi ganhando um espaço maior na minha coleção, até que por motivos que não vêm ao caso, tive que dar uma parada nas minhas coleções. Mas vou confidenciar algo: Não consegui parar de comprar 'Versátil'. 

    Os motivos são variados, além de ser uma distribuidora padrão de qualidade, os títulos escolhidos são um achado. Isto é responsabilidade integral do seu curador, Fernando Brito, um cinéfilo humilde, simpático e que respeita e ama a sétima arte. Enfatizei o "humilde", porque os cinéfilos de uma forma geral são pedantes e donos da razão.

    Quando a Versátil lançou "O santo relutante", um raríssimo filme, que figurava na minha "Lista dos filmes impossíveis na era vhs" eu percebi que alí estava uma distribuidora que, além de tudo, tem feeling do que o consumidor quer assistir ou colecionar.

    Olhando para trás, a versátil lançou filmografia de gênios como Bergman, Chaplin e Hitchcock. Olhando para frente, os lançamentos que pipocam mensalmente tem uma qualidade invejável. Seus boxes com filmes do mesmo gênero ou diretor são ímpares, de uma beleza inigualável. Dá vontade de colecionar.

    Mas vou falar somente de duas caixas: Zumbis no cinema e  Clássicos Sci-fi.


    Zumbis no cinema

    Os filmes dispensam apresentações ou sinopses. O que deve ser dito, novamente, é o respeito demonstrado por Fernando Brito na escolha dos filmes: respeito ao cinema e aos consumidores.A escolha do filmes passeia pela história do cinema Zumbi , passando do mais importante filme do gênero do cinema  ao filme "B" clássico da Tela Quente dos anos 90.

    O filme de Armando  de Ossório é de uma importância única na minha vida: foi o primeiro filme de Zumbi que eu assisti, dando uma importância particular à série de filmes dos Zumbis cegos. Série esta, que como qualquer outra tem seus altos e baixos, mas que me apavarou quando eu assisti. E ainda hoje, o visual dos Zumbis me impressiona, além da trilha sonora, esquisita e apavorante.

    E a caixa é completada pelo famoso Zumbi 3, que além de ser um filmaço, ele tem uma história interessante aqui no Brasil e eu vou explicar e você não vai entender: O Zumbi 3 é de 1974. Mas se procurar sua coleção de VHS verá o Zumbi 2, de 1979 e dirigido por Lucio Fulci !!!???
    Não para por aí! Se procurar  mais VHS, verá que o filme "Zumbi 3" também foi lançado na década de 80 como "Revanche dos mortos vivos 2".  E o primeiro filme é de 1987!!! 
    Genialidades da era do oportunismo VHS, que só quem viveu na época pode vivenciar esta loucura. Histórias que vêm à tona com o lançamento importante e ímpar como eu já disse, da minha distribuidora do coração: Versátil

    Clássicos Sci-fi

    Uma caixa com 100 clássicos Sci-fi é um trabalho um pouco mais fácil que do que pensar em 6 para representarem o título da caixa. E mais um viva para Fernando Brito, passeando pelas décadas e importância no cinema.

    Para começar, os dois "Planetas" contidos no mesmo dvd inclusive. Planeta Proibido é um dos filmes mais importantes dos 50, que abriu caminho para nossas Guerras nas estrelas. Com efeitos afiados, o filme é um marco, e certamente figura na lista de qualquer cinéfilo fã de Sci-fi.

    O planeta dos vampiros, além de ser um filme do mestre Mario Bava, e também uma produção  com nossa Norma Bengell. Um filme que sempre vêm à memória por causa da inusitada comparação com Alien - o 8º passageiro, pois Ridley Scott jura que não assistiu ao filme, mas várias situações são chupadas do filme de Bava. Se foi coincidência, foi das maiores da história.
    Uma caixa de filmes Sci-fi não podia falta um filme "B" daquele que a gente assistiu no Retro-tv. Ameaça que veio do espaço é este filme. Os anos 70 tem seu representante em Fuga do século 23, um genial filme de um diretor, sem trocadilhos, versátil: Michael Anderson.

    "Os malditos" , de Joseph Losey, é um grande representante dos anos 60. O diretor inclusive, em seus 39 filmes, passeou por gêneros de forma competente e marcante.



    E encerrando a caixa, assim como no box de zumbis, um representante dos anos 80, de John Carpenter: Eles vivem. Na minha opinião, o último grande filme do diretor, que fez filmes bons, mas irregulares (sendo que o melhor é Vampiros, em 1998). O filme é marcante por vários motivos, desde o olhar esquisito de Meg Foster à longa briga de rua por causa de um ponto de vista (literalmente).

    E ainda a citar, os cards, lindos de colecionar, e disputados à tapa por colecionadores. Toda a arte dos boxes (não só destas coleções) é sensacional. Vale cada centavo pago. Inclusive, o preço é totalmente acessível, pois afinal são caixas com 4 a 6 filmes. Acaba saindo um pouco mais de 10 reais por filme. 


    E todos os filmes restaurados e sempre pontuados por documentários interessantes sobre as produções. Se fosse nos anos 90, era o famoso bonequinho do Globo, aplaudindo de pé. 

    Marcus V.R.Pacheco
    Cinéfilo, colecionador e ocupado vendo filme


    DADOS TÉCNICOS DOS DISCOS


    CLÁSSICOS SCI-FI
    Disco 1
    Eles Vivem
    A Ameaça Que Veio do Espaço

    Disco 2
    O Planeta Proibido
    O Planeta dos Vampiros

    Disco 3
    Os Malditos
    Fuga no Século 23

    Extras:
    Entrevista de John Carpenter
    Especial sobre “Eles Vivem”
    Making of de “Eles Vivem”
    Bastidores de “Eles Vivem”
    Spots de TV e trailers de “Eles Vivem”
    Trailer de “A Ameaça Que Veio do Espaço”
    Making of de “O Planeta Proibido”
    A criação do robô Robby
    Créditos de abertura e final da versão italiana de “O Planeta dos Vampiros”
    Depoimentos de Joe Dante e Josh Olson sobre “O Planeta dos Vampiros”
    Trailers de “O Planeta Proibido”, “O Planeta dos Vampiros”, “Fuga no Século 23” e “Os Malditos”

    ZUMBIS NO CINEMA

    Disco 1
    A Noite dos Mortos Vivos
    Não Se Deve Profanar O Sono Dos Mortos

    Disco 2
    A Noite do Terror Cego
    A Noite dos Arrepios

    Extras:
    Conversa com George A. Romero
    Entrevista em áudio de Duane Jones
    Trailer e Spots de TV de “A Noite dos Mortos Vivos”
    Depoimento de Jorge Grau
    Trailer de “Não Se Deve Profanar O Sono Dos Mortos”
    Entrevista de Armando de Ossorio
    Abertura Alternativa de “A Noite do Terror Cego”
    Trailer de “A Noite do Terror Cego”
    Trailer de “A Noite dos Arrepios”
    Final alternativo de “A Noite dos Arrepios”

    Todos os filmes serão apresentados em seus aspectos de tela originais (seja fullscreen 1.33:1, widescreen anamórfico 1.85:1 ou widescreen anamórfico 2.35:1), com trilhas de áudio em inglês (Dolby Digital 5.1 e Dolby Digital 2.0) e legendas em português. As edições serão lançadas em 14 de abril de 2015.



    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top