• ÚLTIMAS...

    sexta-feira, 3 de abril de 2015

    4 FILMES BÍBLICOS E 4 ÓTIMOS REMAKES


    PARA CURTIR NA PÁSCOA, SEMANA SANTA E NATAL


    DEZ MANDAMENTOS (1923)

    FICHA TÉCNICA

    Duração (2h26min) 
    Dirigido por Cecil B. DeMille
    Com Estelle Taylor, James Neill, Richard Dix
    Gênero Histórico , Drama
    Nacionalidade EUA

    SINOPSE

    A primeira parte narra Moisés (Theodore Roberts) liderando os judeus do Egito para a Terra Prometida, a entrega das tábuas contendo os Dez Mandamentos, a adoração do bezerro de ouro e a travessia do Mar Vermelho. A segunda parte mostra a eficácia dos mandamentos em uma história passada em São Francisco.


    DEZ MANDAMENTOS (1956)

    FICHA TÉCNICA

    Direção: Cecil B. DeMille
    Roteiro: A. E. Southon, J. H. Ingraham
    Elenco: Anne Baxter, Charlton Heston, Debra Paget, Edward G.Robinson, John Carradine, John Derek, Judith Anderson, Martha Scott, Nina Foch, Sir Cedric Hardwicke, Vincent Price, Yul Bryner, Yvonne De Carlo
    Produção: Cecil B. DeMille, Henry Wilcoxon
    Fotografia: Loyal Griggs
    Trilha Sonora: Elmer Bernstein
    Duração: 222 min.

    SINOPSE

    Ramsés I, o faraó do Egito, manda matar todos os homens recém-nascidos de mãe judia, logo depois de tomar conhecimento da profecia que previa a criação de um libertador entre os escravos hebreus. No entanto, Yochabel consegue salvar seu filho, abandonando-o dentro de uma cesta nas águas do Rio Nilo. Bithiah, a filha do faraó, o encontra e Moisés é criado como um princípe. Assim que descobre sua verdadeira origem, Moisés dedica-se a libertar o povo de Israel da escravidão, para conduzí-lo à Terra Prometida.

    ____________________________________________________________


    REI DOS REIS (1927)

    FICHA TÉCNICA

    Direção: Cecil B DeMille
    Roteiro: Jeanie Macpherson
    Gênero: Drama / Épico
    Duração: 112 min
    Tipo: Longa-metragem
    Elenco:
    H.B. Warner …………. Jesus
    Dorothy Cumming ……… Maria
    Ernest Torrence ……… Pedro

    SINOPSE

    Esta excelente epopéia bíblica, produzida e dirigida pelo mestre Cecil B. DeMille, é uma mistura hábil de reverência espiritual e imaginação cinematográfica. Considerado por muitos críticos a melhor versão da vida de Cristo já produzida, o filme cobre os 33 anos vividos por Jesus Cristo, desde seu nascimento até a Crucificação, Ressureição e a Ascensão. Incluindo o relacionamento do Salvador com João, os 40 Dias no Deserto, a Escolha dos Apóstolos, o Sermão na Montanha, a Traição de Judas, a Páscoa e a sua Última Ceia.

    REI DOS REIS (1961)

    FICHA TÉCNICA

    Direção: Nicholas Ray
    Roteiro: Philip Yordan
    Elenco: Brigid Bazlen, Frank Thring, Harry Guardino, Hurd Hatfield, Jeffrey Hunter, Rip Torn, Robert Ryan, Ron Randell, Siobhan McKenna, Viveca Lindfors
    Produção: Samuel Bronston
    Fotografia: Manuel Berenguer, Milton R. Krasner
    Trilha Sonora: Eugene Zador
    Duração: 168 min.

    SINOPSE

    O filme mostra a vida de Jesus e seus momentos memoráveis, como o inesquecível sermão da montanha, as curas de Jesus, Barrabás e os Zelotes, a decadência da côrte de Heordes e, por fim, a crucificação e ressurreição de Jesus. Destaque para a interpretação marcante de Jeffrey Hunter.

    ____________________________________________________________


    QUO VADIS (1951)

    FICHA TÉCNICA

    Direção: Mervyn LeRoy
    Elenco: Abraham Sofaer, Buddy Baer, Deborah Kerr, Felix Aylmer, Finlay Currie, Leo Genn, Patricia Laffan, Peter Ustinov, Robert Taylor
    Duração: 171 min.
    Ano: 1951
    País: Estados Unidos
    Cor: Colorido

    SINOPSE

    Roma antiga, Uma cidade marcada por conflitos de religião e violência nas ruas e o temperamento insano de Nero. Em meio a esse cenário de caos e tensão, um aristocrata pagão (Robert Taylor) acaba se apaixonando por uma bela mulher cristã (Debora Jerr), colocando em risco suas vidas durante os últimos dias de uma cidade prestes a ser consumida pelas chamas da loucura de seu imperador. indicado ao Oscar de Melhor Filme, Ator Coadjuvante, Trilha Sonora, Fotografia, Direção de Arte, Figurinos e Edição, no ano de 1951. Quo Vadis é muito mais que um clássico...é uma lenda do cinema!


    QUO VADIS? (1985)

    FICHA TÉCNICA

    Direção: Francesco Rosi
    Roteiro: Henryk Sienkiewicz
    Elenco: Cristina Raines, Francesco Quinn, Frederic Forrest, Klaus Maria Brandauer, Leopoldo Trieste, Max von Sydow, Olga Karlatos
    Duração: 200 min.
    Ano: 1985
    País: França / Inglaterra / Itália
    Cor: Colorido

    SINOPSE

    Telefilme dirigido pelo italiano Franco Rossi e com ótimo elenco. A história é baseada no livro clássico de Henryk Sienkiewicz, que já tinha inspirado um filme no começo dos anos 50. O filme conta a história de amor entre um nobre romano e uma cristã, nos tempos em que Nero era imperador. E Nero é interpretado por Klaus Maria Brandauer, enquanto que James Caan faz um Petrônio bem romântico.

    ____________________________________________________________


    BEN HUR (1925)

    FICHA TÉCNICA

    Direção: Fred Niblo
    Roteiro: Lew Wallace, June Mathis
    Gênero: Aventura/Drama/Histórico/Romance
    Origem: Estados Unidos
    Duração: 143 minutos

    SINOPSE

    Os amigos de infância Judah Ben-Hur e Messala encontram-se novamente quando adultos. Messala é um oficial romano e Ben-Hur é um israelita conquistado. Um mal-entendido durante um desfile romano faz com que Ben-Hur seja escravizado pelo agora ex-amigo e veja sua família humilhada. Este é apenas o começo da épica jornada de Ben-Hur em busca da vingança.


    BEN HUR (1959)

    FICHA TÉCNICA

    Direção: William Wyler
    Roteiro: Karl Tunberg, Lew Wallace
    Elenco: André Morell, Cathy O'Donnell, Charlton Heston, Finlay Currie, Frank Thring, George Relph, Haya Harareet, Hugh Griffith, Jack Hawkins, Martha Scott, Sam Jaffe, Stephen Boyd, Terence Longdon
    Produção: Sam Zimbalist
    Fotografia: Robert Surtees
    Trilha Sonora: Miklós Rózsa
    Duração: 212 min.

    SINOPSE

    Em Jerusalém, o rico Judah Ben-Hur (Charlton Heston) começa a se identificar com seus compatriotas que querem se livrar do domínio de Roma, acabando por entrar em conflito com seu amigo, o romano Messala (Stephen Boyd). Um acidente faz com que Ben-Hur seja levado a Gales, mas sua sorte muda quando ele salva a vida de um nobre romano que o adota como filho. Filme recordista em números de Oscar: recebeu 11, em 1960

    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top