• ÚLTIMAS...

    quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

    25 CURIOSIDADES SOBRE O FILME "EVIL DEAD (1981)"


    CURIOSIDADES DO FILME QUE TALVEZ NÃO SABIA, E TALVEZ NUNCA SABERIA  E SE NÃO LER, NUNCA SABERÁ!!!

    1 - The Evil Dead (ainda com o nome de Book of the Dead) teve a sua primeira exibição pública em 15 de outubro de 1981, no teatro Redford em Detroit, para amigos, investidores e adolescentes da região, mas por pouco o show parou. Na manhã do dia 15, descobriram que o quarto rolo estava fora de sincronia e a Technicolor enviou uma nova cópia de avião de New York para Detroit para que o filme pudesse ser exibido. The Evil Dead só estreou em Nova Iorque em Abril de 1983, no mesmo final de semana de Flashdance.

    2 - Em 1979, Sam Raimi, Robert Tapert e Bruce Campbell fundaram a produtora Renaissance Pictures e fizeram um filme de terror de 32 minutos chamado Within the Woods somente com a finalidade de arrecadar fundos e atrair investidores para rodar The Evil Dead. 

    3 - Ellen Sandweiss, que interpreta Cheryl (irmã de Ash), conheceu Bruce e Sam no colégio e trabalhou em vários filmes amadores da dupla, inclusive em Within the Woods.

    4 - O primeiro dia de filmagens foi em 14 de novembro de 1979 e a primeira cena gravada foi do carro passando pela ponte quebrada. A cena quase não foi concluída devido a uma manada de touros que passava pelo local.

    5 - A voz da entidade demoníaca que ouvimos durante o filme falando: “Join us” é do próprio Sam Raimi, alterada pela edição de som.

    6 - O plano de cortes na sequência em que Ash acorrenta Linda em uma bancada, com a intenção de desmembrá-la com a serra elétrica, foi inspirada em 2001: Uma odisseia no espaço, revelou Sam Raimi.

                                  
    7 - O carro que aparece no filme levando os cinco jovens até a cabana é do próprio Sam Raimi. Um Oldsmobile Delta 88 ano 1973. O carro também está presente em outros filmes de Raimi, como em Homem Aranha, Arraste-me para o Inferno, no remake de Evil Dead, entre outros.

    8 - A cabana utilizada nas filmagens no Tennessee, não tinha porão. Resultado: a equipe teve que cavar um buraco, onde se conseguia dar uns cinco passos no máximo. As cenas que são mostradas no filme foram gravadas em duas fazendas diferentes: na fazenda dos pais de Robert Tapert e em outra fazenda dos pais de Sam Raimi.
                                                                                           
       CURTA O CURTA ABAIXO - Within the Woods


    9 - Na cena inicial do filme, quando Ash e seus amigos estão no carro e o volante escapa da mão de Scott e o mesmo fala que só a buzina do carro funciona. Vemos dois homens na beira da estrada acenando para o carro. Os dois homens são na verdade Robert Tapert (Boné Vermelho) e Sam Raimi (Camisa Branca), fazendo uma pontinha no filme.

    10 - Com um orçamento muito baixo, o dinheiro acabou antes das filmagens terminarem. Sam, Robert e Bruce juntaram o pouco dinheiro que havia sobrado e tentaram convencer a equipe a ficar por mais três semanas pagando 30 dólares por semana mais participação nos lucros. Ninguém quis ficar e foram todos foram embora, restando apenas cinco pessoas para terminar de rodar o filme até o final. Por causa disso, Sam teve que reescrever várias cenas e assumiu a câmera, enquanto Josh Becker ficou encarregado da iluminação e do som. Bruce e Robert se passavam pelos atores que tinham ido embora nas cenas que tinham que ser regravadas.

    Oldsmobile Delta 88 de Sam Raimi
    11 - Sem dinheiro e sem equipe, Sam, Robert e Bruce passaram a dormir na cabana alugada para o filme, pois o local onde ficavam o dono os despejou. Como a cabana não tinha aquecedor e era inverno, o encanamento de água congelou e Sam, depois de um dia longo de filmagens e com as mãos todas sujas de xarope karo (sangue falso), teve que lavar as mãos com café, pois era a única coisa líquida e quente naquele lugar.

    12 - Sam Raimi escreveu o roteiro sem o final para o filme. Robert Tapert estava pagando o aluguel para uma grua que não tinha sido utilizada ainda e Sam dizia que iria usá-la, mas não sabia como. Toda vez que perguntavam sobre o final do filme, Sam dizia que não sabia até que Josh Becker deu a ideia para Sam. Raimi assumiu a câmera e Becker montou toda a sequência das portas se abrindo e se espedaçando em várias partes como vemos no final do filme.

    13 - Sam precisava de atores para completar o elenco, mas como o dinheiro era pouco e o sindicato dos atores tinha um teto salarial para quem era filiado, ele encontrou uma solução que quase deu certo. O ator Richard DeManincor (que interpreta Scott) e a atriz Theresa Tilly (Shelly) utilizariam nomes falsos para burlar o sindicato, por isso nos cartazes de divulgação seus nomes aparecem como: Hal Delrich e Sarah York. Claro que a manobra não deu certo e ambos foram suspensos pelo sindicato; e Sam acabou pagando uma multa depois que o filme foi lançado.

    14 - A cabana utilizada no filme pegou fogo logo após o lançamento de The Evil Dead. Uns dizem que alguns bêbados do local colocaram fogo sem querer, outros dizem que foi algo sobrenatural. A cabana que aparece em The Evil Dead 2 é uma reprodução da cabana do Tennessee.

    15 - Na cena em que Cheryl é estuprada por cipós na floresta, Ellen Sandweiss tinha que correr pela mata descalça e de camisola. Sam teve que fazer várias tomadas, e na última seus pés estavam sangrando e com vários cortes na sola. Ellen entrou na cabana chorando dizendo que não queria mais participar do filme e queria ir embora. Robert e Bruce convenceram a atriz ficar.

    16 - Com o filme pronto, a equipe da Renaissance precisava de um distribuidor e em outubro de 1981 foram para Hollywood. Depois de ter o filme negado em várias distribuidoras, apareceu Irvin Shapiro, um produtor que gostava de filmes de terror e comprou os direitos do filme para o lançamento somente no exterior e sua primeira sugestão foi a mudança do título. Shapiro sugeriu “The Evil Dead Men and The Evil Women”. Outros nomes foram: “Fe-Monsters”, “Blood Flood”, “These Bitches are Witches”. Finalmente eles entraram em acordo e Evil Dead foi escolhido como o novo título do filme.

    17 - Com a demora para encontrar um distribuidor que comprasse os direitos do filme. Os sócios da Renaissance tinham que se sustentar, pois ainda moravam com os pais. Nessa época, Bruce Campbell dirigia táxi para manter as contas em dia, enquanto Sam e Robert faziam bicos como assistentes de direção em vários comerciais em Detroit.


    18 - No festival de Cannes em 1982, Stephen King viu o filme pela primeira vez e ficou extremamente empolgado com Sam Raimi e escreveu uma crítica para a Revista Twilight Zone e no artigo dizia que The Evil Dead era o filme mais aterrorizadamente original de 1982. Sua crítica atiçou a revista Fangoria (uma das mais respeitadas revistas sobre terror) e a revista atiçou os fãs de filmes de terror. Bruce Campbell, Sam Raimi e Robert Tapert viraram nomes.

    19 - Em março de 1982, a Palace Pictures comprou os diretos do filme na Inglaterra e no início de 1983 o filme estreou com uma arrecadação de mais de 100 mil libras e foi o filme mais alugado do Reino Unido e Escócia naquele ano.

    20 - O orçamento inicial de Evil Dead ficou em 85 mil dólares, mas o custo final ficou em torno de 350 mil a 450 mil dólares. Só depois de seis anos, eles conseguiram pagar suas dívidas com os investidores e ter uma pequena margem de lucro.

    21 - O gravador que Ash e Scott encontram no porão da cabana, é na verdade o gravador do pai de Bruce Campbell, que pegou emprestado para as filmagens. A narração da fita foi feita por Bob Dorian (apresentador do canal american movie classics) e escrita por Sam Raimi e Ethan Coen.

    22 - Todos os vidros quebrados no filme eram de verdade, pois o orçamento não permitia utilizar vidros feitos de açúcar, porque eram caros demais.

    23 - Além de Betsy Baker, outras duas pessoas interpretaram Linda no filme. Cheryl Guttridge na cena em Linda levanta de seu túmulo após Ash enterrá-la; e Barbara Carey, quando Linda se transforma em uma Morta Viva. Betsy Baker não voltou para Evil Dead 2 e nem Evil Dead 3.

    24 - Em 2003, o filme virou um musical e fez tanto sucesso que em 2004 foi para a Broadway em circuito off, com aclamação de crítica e público. Mais de 100 cidades americanas, além de Toronto, Madri, Tóquio e Londres, já receberam ou recebem o espetáculo.

    25 - A cabana onde as filmagens ocorreram era mal assombrada, segundo moradores da região. Eles contam que quando o construtor estava colocando o último tijolo da chaminé, um raio caiu o atingiu e o matou. Quando a equipe chegou na cabana, eles perceberam que o um tijolo na parte de cima da chaminé estava faltando, como se nunca tivesse sido colocado ali.
    Depois disso o local ficou mal assombrado e ninguém se alojou ali por 40 anos, até que em 1925 três mulheres (uma mãe, sua filha e a avó) se mudaram para lá e, na primeira noite, vários raios caíram perto da cabana. A filha saiu de seu quarto com medo e viu que a sua mãe e avó morreram na mesma noite de causas naturais e saiu correndo pela tempestade.
    A polícia a encontrou no dia seguinte em uma fazenda próxima e a família que morava na fazenda a criou e toda vez que tinha tempestade, ela saia correndo pela floresta. Em um dos dias da filmagem chovia e relampejava muito quando um grupo de pessoas em uma caminhonete passou pela cabana perguntando se Abgail (nome da sobrevivente) passou por ali e se diziam parentes dela dando veracidade a história do local.


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top