• ÚLTIMAS...

    V/H/S: VIRAL (2014) - FILM REVIEW


    Sinopse

    Um grupo de adolescentes busca a fama a qualquer preço. Eles querem se tornar sensações na Internet, mas só despertam o interesse do mundo inteiro quando se tornam protagonistas de acontecimentos sobrenaturais e sangrentos. Como no restante da franquia "V/H/S", este filme é feito em estilo "found footage", ou seja, com imagens supostamente reais de amadores. 

    Crítica  

    Existem algumas coisas que eu passei a aceitar assistindo os segmentos dos filmes V/H/S. 1 – Vai ter muito sangue. 2 – Eles vão encontrar uma forma interessante de fazer as pessoas continuarem gravando. 3 – Haverá uma história que tomará um rumo totalmente inesperado. Enquanto eu adorava e estava atado à este conceito de V/H/S, este novo surge com uma execução desajeitada e não muito bem montada. V/H/S 2 foi ótimo, mas V/H/S: Viral deixou algo no ar.

    V/H/S: Viral parece ter tomado um passo para trás de seu antecessor. No geral, eu senti que se desenrolou até o seu final. A dinâmica do envolvimento está bem melhor que antes, mas o filme caminha progressivamente para  baixo com a chegada de seu clímax. O filme no final das contas, funciona como um vídeo viral, daqueles que te deixam: Eu realmente não fiquei muito animado em assistir, mas também não odiei. O filme pode desapontar à muitos que esperavam um gran finale neste terceiro capítulo, ainda mais porque a qualidade dos segmentos tiveram um aumento significativo de V/H/S para  V/H/S 2, as expectativas estavam no topo.

    Um dos melhores segmentos da série é Dante the Great (Dante o Grande). É um conceito fenomenal: Um mago recebe um manto que lhe dá o poder absoluto. E, como sempre, o poder absoluto o corrompe por completo. É cheio de diversão e pequenos truques de câmera, e eu gostaria de assistir a um filme inteiro baseado neste único conceito, seria fenomenal.


    Parallel Monsters (Monstros Paralelos) não foi um segundo conceito ruim. Na verdade, eu estava completamente confuso por ele. Nele, um homem cria um portal para um universo paralelo (quase um espelho do mundo, tudo que aparece aqui aparece por lá, apenas invertido). Quando ele abre este portal, ele e sua segunda imagem decidem passar 15 minutos um no mundo do outro. Eu não vou estragar a surpresa, mas ele não vai na direção que você pensa que irá tomar. Na verdade, uau, ele enlouquece nos últimos segundos e vai te deixar rindo/horrorizado com o que viu. Mesmo sendo um curta, porém, é preciso de um bom tempo para conseguir sacar o que realmente está acontecendo. (Uma possível homenagem ao primeiro filme?).

    O segmento final é chamado de Bonestorm (Tempestade de Ossos). Este segmento envolve personagens desagradáveis​​. Em Bonestorm, dois skate punks e seus amigos estão indo até Tijuana em busca de uma vala de concreto para fazer um vídeo de skate. Assim que chegam no local, eles encontram dezenas de imagens e símbolos satânicos e um enorme pentágono no centro de tudo e diversas outras coisas sinistras … preciso dizer algo mais? Os garotos são simplesmente otários, e ainda somos obrigados a torcer por eles como heróis. Até parece um jogo de vídeo game, o segmento trata a situação como uma criança de 10 anos pensaria ao sair de casa e jogar vídeo game na vida real, e olha que essas crianças irão sentir muito prazer em sua luta pela sobrevivência. E, ainda por cima, a recompensa não é nada agradável.

    Capa de dvd para download

    A sequência mais envolvente das edições mencionadas anteriormente (fora a do Dante) é chamada de Vicious Circles (Círculos Viciosos) que mostra uma perseguição de carros de polícia perseguindo uma van de sorvete por toda a cidade de Los Angeles. Sua inspiração é claramente sacada de um vídeo viral real, onde uma garoto vê uma perseguição policial passar em frente a sua casa. Na medida que a van passa por pessoas aleatórias na rua, nós vamos assistindo aos filmes que estão fazendo, que terminam em uma mistura de filmes aleatórios frouxamente amarrados. É como uma pesquisa no Google, nos resultados da busca aparecem um monte de vídeos desordenados.

    V/H/S: Viral é definitivamente assistível, não me leve a mal. Enquanto Dante the Great é fenomenal, o resto do filme não entrega o suficiente. É triste também, porque a única peça sem inspiração foi o segmento skater (mesmo sendo apenas um gore-fest proposital). Senti que o CGI ficou bem pesado neste filme (embora, eu possa estar me baseando no segmento de zumbis, “Safe Haven” em V/H/S 2). O Gore volta para o nível inicial da trilogia, e apesar de tudo, eu tenho que admitir o quão engenhosa esta série continua ao encontrar histórias interessantes para assegurar que os personagens continuem gravando tudo. Bem, quase. De nenhum modo o segmento de Dante deu a impressão de ser um found footage. São vários ângulos de câmeras concentrados nos personagens, e utiliza do found footage mais como um recurso adicional.

    Enquanto V/H/S: Viral compensa inicialmente, o filme vai decaindo tornando-se progressivamente o esperado. É como procurar por um vídeo que você quer ver e continuar a assistir vídeos sugeridos pelo YouTube que não são tão bons.

    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top